Radioterapia certificada pela Novalis

 A certificação, que foi atribuída em julho, foi celebrada pelo Serviço com uma simples cerimónia de descerramento da placa, que contou com a presença do Presidente do Instituto e Diretora Clínica.

Para a diretora do Serviço, Dra. Luísa Carvalho, “este é um marco importante na medida em que o Serviço vê agora reconhecido, por uma entidade externa, idónea e isenta, o mérito do trabalho desenvolvido de forma consistente ao longo dos anos, das boas práticas clínicas, do cumprimento de requisitos processuais e tecnológicos, do controle de qualidade e da segurança do doente, que o têm tornado um centro de referência no tratamento do cancro com técnicas especiais de irradiação, e na formação de outros profissionais”.

Simulacro na Radioterapia

O cenário testado foi um incêndio provocado pelo sobreaquecimento de um Acelerador que originou um ferido grave, com queimaduras e paragem cardiorrespiratória, e dois utentes bloqueados pelo fumo e pelo fogo. O exercício serviu para testar as comunicações e a coordenação entre as entidades externas, cito Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto e PSP, e os responsáveis pelo Plano de Emergência Interno (PEI) do Instituto. Os Agentes da Proteção Civil do Porto que estiveram no local registaram que os níveis de segurança do IPO-Porto são eficazes e estão devidamente preparados para ocorrências reais.

Prémio Saúde Sustentável

O IPO-Porto foi distinguido com menção honrosa pelo Prémio Saúde Sustentável no critério de Qualidade Clínica e Resultados em Saúde, numa cerimónia que decorreu esta terça-feira, em Lisboa.

O projecto apresentado foi a organização estrutural por Clínicas de Patologia, reconhecido como um caso de inovação na saúde.
O Prémio Saúde Sustentável é uma iniciativa conjunta entre a Sanofi e o Jornal de Negócios, que distingue boas práticas da sustentabilidade da saúde em Portugal em quatro áreas principais: Cuidados Continuados, Cuidados Primários, Cuidados Hospitalares e Projetos Especiais Integrados.