13 July 2020

Estudo internacional sobre políticas de gestão do cancro do pulmão na Europa

Marta Soares, diretora clínica do IPO do Porto e médica oncologista dedicada ao cancro de pulmão, participou no mais recente estudo internacional sobre as políticas de gestão do cancro do pulmão na Europa. O estudo, que faz uma análise comparativa entre 27 países europeus, concentra a sua avaliação nas necessidades ainda não satisfeitas, nos sistemas de saúde e nas oportunidades de melhoria.

Pode ler o estudo aqui: https://bit.ly/32e8ueG

A pesquisa realizada utiliza um scorecard de benchmarking, permitindo que os todos países vejam como está o seu desempenho na abordagem desta patologia em comparação com seus pares, usando esse insight para promover mudanças.

Portugal apresenta um bom desempenho por tratar o cancro de pulmão como uma prioridade estratégia e um problema de saúde pública. No entanto, foram identificadas algumas necessidades: o desenvolvimento de uma abordagem direcionada para melhorar a deteção precoce do cancro de pulmão, fortalecimento da legislação antitabaco e mudanças de comportamento através de um melhor acesso aos programas de cessação do tabagismo para adultos e adolescentes.

O estudo recomenda a todos os países da Europa conscientizar, melhorar a prevenção, a deteção precoce, diagnóstico e prognóstico, e garantir o acesso a tratamentos de alta qualidade, incluindo um melhor acesso a  cuidados paliativos. A chave das boas práticas para muitas dessas recomendações é garantir que os doentes façam parte do processo, principalmente, através das associações de doentes.