De acordo com a Direção-Geral de Saúde um Centro de Referência é um serviço, departamento ou unidade de saúde “reconhecido como o expoente mais elevado de competências na prestação de cuidados de saúde de elevada qualidade em situações clínicas que exigem uma concentração de recursos técnicos e tecnológicos altamente diferenciados, de conhecimento e experiência”

O Despacho n.º 235 -A/2015, de 8 de janeiro de 2015, e o Despacho n.º 2999/2015, de 24 de março de 2015, definiram as áreas de intervenção prioritárias para reconhecimento como Centros de Referência. No Diário da República, 2.ª série, n.º 148, de 31 de julho de 2015, foram publicados os Avisos de abertura para candidatura ao reconhecimento como Centro de Referência em 16 áreas, tendo o IPO-Porto apresentado candidatura a seis áreas (todas as relacionadas com a área de oncologia).

O Despacho n.º 3653/2016, de 11 de março, reconheceu o IPO-Porto como Centro de Referência nas seguintes áreas:

  • Oncologia de Adultos – Cancro do Reto
  • Oncologia de Adultos – Cancro Hepatobiliopancreático
  • Oncologia de Adultos – Cancro do Esófago
  • Oncologia de Adultos – Sarcomas de Partes Moles e Ósseos
  • Oncologia de Adultos – Cancro do Testículo
  • Oncologia Pediátrica

Em outubro de 2019 decorreu a auditoria do CHKS – Caspe Healthcare Knowledge Systems, para a obtenção da certificação da qualidade e da segurança da prestação de cuidados de saúde de cada um dos Centros de Referência. Aguardam-se os respetivos resultados.

Redes Europeias de Referência (ERN)

Decorrente de todo o trabalho desenvolvido no âmbito dos Centros de Referência, o IPO-Porto reuniu as condições para participar nas Redes Europeias de Referência (ERN), redes virtuais que reúnem prestadores de cuidados de saúde em toda a Europa. Visam fazer face a doenças ou patologias complexas ou raras que requerem cuidados altamente especializados e uma concentração de conhecimentos e recursos.

À data, o IPO-Porto integra já três Redes Europeias de Referência, oficialmente reconhecidas pela Comissão Europeia:

Durante o ano de 2018 o IPO-Porto fez parte da amostra de instituições selecionadas para uma auditoria técnica às candidaturas apresentadas no âmbito da call para Interest for European Reference Networks – March-June 2016. Esta auditoria foi conduzida por uma entidade externa selecionada pela Comissão Europeia – a Andalusian Agency for Healthcare Quality (ACSA). A instituição foi selecionada para auditoria à candidatura à rede Europeia eUROGEN e à rede europeia EuroBloodNet. Em ambas as auditorias foi obtido um resultado positivo:

  • eUROGEN – score de 100% (num total possível de 100%), com total os critérios operacionais integralmente implementados;
  • EuroBloodNet – score de 86% (num total possível de 100%), com 72% dos critérios operacionais integralmente implementados e 28% parcialmente implementados. É de notar que neste caso não houve auditoria presencial.