Sobre o IPO

(...) o mais importante será sempre a confiança que os nossos Doentes depositam em nós e a competência e dedicação dos nossos Profissionais que permitem manter viva essa confiança.

46º Aniversário do IPO Porto

“Há precisamente 46 anos, o nosso Instituto abria as suas portas para receber e cuidar dos Doentes Oncológicos, missão que múltiplas gerações de profissionais de saúde têm corporizado e ajudado a desenvolver. As ideias inovadoras que estiveram na génese do IPO do Porto foram sendo desenvolvidas ao longo dos anos, estabelecendo-se como boas práticas e culminando no reconhecimento da qualidade do nosso trabalho através das diversas certificações e acreditações nacionais e internacionais. Contudo, o mais importante será sempre a confiança que os nossos Doentes depositam em nós e a competência e dedicação dos nossos Profissionais que permitem manter viva essa confiança. Por esse motivo, em mais este aniversário, todos somos merecedores de “Parabéns”!

A situação de pandemia de COVID-19 que vivemos (o nosso primeiro plano de contingência foi colocado em prática há já 2 meses!) conduziu-nos à necessidade de abrandar a nossa atividade ao serviço dos Doentes Oncológicos e construir e implementar toda uma série de normas e de estruturas com o objetivo de “Proteger e Cuidar os Doentes e Proteger os Profissionais”. No entanto, esta necessidade premente não nos pode desfocar do que é a nossa missão primária e mais importante, nem pode ser utilizada como justificação para receios infundados e alarmismo desmesurado e inconsequente. Vamos, ao longo das próximas semanas, regressar de forma progressiva aos níveis de atividade normal, não porque a pandemia tenha desaparecido, mas porque os Doentes Oncológicos não podem ser deixados para trás. Por isso, temos de aprender a viver e a trabalhar tendo sempre presente a COVID-19, tomando todas as medidas, individuais e institucionais, para minimizar os riscos.

Todos estamos convocados para continuar o trabalho e a missão iniciados há 46 anos porque queremos ser os dignos sucessores daqueles pioneiros que sonharam o que somos hoje.”

 

Conselho de Administração do IPO do Porto

17 de abril de 2020

 

 

 

 

 

 

Organização

O doente oncológico é o centro em torno do qual se deve construir toda a atividade assistencial, pelo que os meios humanos e técnicos devem ser organizados de forma a proporcionar cuidados de saúde personalizados, homogéneos e abrangentes.

Mantendo esta focalização no doente, o IPO-Porto organiza-se em unidades multidisciplinares por patologia, designadas por Clínicas de Patologia, que são a base de toda a estrutura assistencial.

Orgãos Sociais

O Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, E.P.E. é uma entidade pública empresarial. É dirigido por um Conselho de Administração, nomeado pelos acionistas do Estado, que responde pelo bom funcionamento técnico, humano e financeiro da Instituição. É uma pessoa coletiva de direito público, de natureza empresarial, dotada de autonomia financeira, administrativa e patrimonial.

Constituição

Conselho de Administração
Fiscal Único
Conselho Consultivo
Auditor Interno

Conselho de Administração

Conselho de Administração
Presidente
Prof. Doutor Rui Henrique
Diretor Clínico
Dra. Marta Soares
Enfermeira Diretora
Enfª Fernanda Soares
vogal
Dra. Inês Castro
vogal
Dr. Emanuel Barros
História
Valores e Missão
Plano Estratégico