Serviço de Urologia

Desde que foi criado, em 1982, o Serviço de Urologia cresceu e ganhou autonomia. Tem como missão a atividade assistencial a doentes com toda a Patologia Oncológica do Foro Urológico.

O IPO não tem camas domiciliadas, sendo que cada Serviço utiliza as que necessita, embora, naturalmente, por uma questão de facilidade, os doentes de Urologia sejam internados, preferencialmente, no 9º piso do Edifício Principal.

Também o bloco operatório, localizado no piso 4 do mesmo edifício da Urologia, funciona consoante as necessidades de cada Serviço, avaliadas em sede de reunião do Departamento de Cirurgia, através da chamada Governação Clínica. Trata-se de um organismo que tem como função garantir que são cumpridos os critérios de acreditação da Caspe Healthcare Knowledge Systems, que o hospital possui desde 2004.

Uma consequência das exigências da acreditação foi a necessidade de reduzir o tempo da lista de espera para cirurgia, que se situava nos três meses. Assim, o Serviço de Urologia passou a dedicar-se ao bloco operatório três manhãs e três tardes por semana.

Serviços:

Atividade Assistencial:

O Serviço de Urologia tem como primordial objetivo, essencialmente a sua Atividade Assistencial a doentes com toda a Patologia Oncológica do Foro Urológico, nomeadamente o Cancro da Próstata, as Neoplasias da Bexiga, os Tumores de Rim, Carcinoma do Pénis e Testículo. Além das consultas individuais de Urologia e Oncologia Médica, o Serviço de Urologia orgulha-se em ter sido, e continuar a ser, pioneiro e líder em Portugal na forma Multidisciplinar na abordagem ao doente Oncológico em relação ao diagnóstico e tratamento deste Grupo de Patologias.

No âmbito da Multidisciplinaridade, há uma grande preocupação do IPO-Porto e do Serviço de Urologia em garantir que todos os doentes oncológicos tenham Médico de Família e que a comunicação entre os dois níveis de cuidados funcione. Só assim é possível que os doentes, quando têm alta, possam ser devidamente acompanhados.

Os profissionais de Enfermagem, que são igualmente elementos basilares na constituição desta equipa que representa o Serviço de Urologia do IPO-Porto, também contribuem para que o acompanhamento ao doente decorra da melhor forma. Sempre que o doente é admitido, inicia um novo tratamento ou tem indicação para cirurgia, passa antes pela consulta de enfermagem, onde recebe todo o apoio necessário. Também efetuam alguns tratamentos, intervêm na comunicação com os cuidados de saúde primários e participam nas reuniões multidisciplinares.

Formação:

Atualmente, o Serviço de Urologia do IPO-Porto tem três Internos Complementares da Especialidade e desde 2009 dispõe de um programa de formação pós-graduada de Urologia Oncológica, opcional para Internos Complementares de Urologia a partir do 5º Ano, com duração entre três e seis meses.

Mas, tendo em conta que a idoneidade para formação é apenas de 26 meses (os últimos do internato), é vontade do Serviço de Urologia do IPO-Porto passar apenas a receber Internos de outros hospitais.

Normalmente em estágio, com a duração mínima de três meses, o Serviço de Urologia tem sempre internos de outros Centros, pensando que é assim que se deve posicionar na formação pós-graduada em Urologia.

Também é frequente o Serviço de Urologia receber Internos Complementares de Medicina Geral e Familiar a fazer estágios formativos de Oncologia, cujo propósito é promover a aproximação aos Cuidados de Saúde Primários.

Por fim, mas não menos importante, dentro desta rubrica da Formação, o Serviço de Urologia tem tido também um papel importante no apoio aos Alunos do último ano do Curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, alunos de Cursos de Enfermagem e Alunos de Doutoramento e pós-Doc de diversas áreas, que regularmente realizam estágios de curta duração no âmbito das suas áreas específicas.

Investigação:

Apesar de não realizar investigação, diretamente, no Serviço de Urologia, existe a colaboração regular com os vários grupos de Investigação sediados na Instituição.

Este é um Serviço com grande volume de doentes com patologia Urológica Oncológica, praticando a atividade assistencial segundo as mais recentes Guidelines Internacionais e adotando diversos protocolos aprovados pelas diversas organizações mundiais, no que respeita ao diagnóstico e ao tratamento em Oncologia.

Desta forma, para aqueles que se dedicam à Investigação clínica e básica, a “Matéria Prima” que pode ser fornecida, tem-se revelado frutuosa ao longo dos anos, como pode ser comprovado pelas diversas publicações e teses de Doutoramento que têm vindo a ser produzidas, baseadas neste material clínico disponibilizado regularmente.

 

equipa

Serviço de Urologia
Diretor de Serviço
Dr. Jorge Oliveira

contactos

telefone
225 084 000
fax
225 084 001
localização
Edifício Principal, piso 3